Felicidade por um fio

Lançamento no Netflix, o filme conta a história de Violet Jones (Sanaa Lathan), uma mulher bem sucedida profissionalmente e, acreditava ela, também na vida amorosa. Até que na sua festa de aniversário ela sofre uma grande desilusão quando a namorado, um médico, com quem ela já morava junto há dois anos, não a pede em casamento. Ela começa então a avaliar seu estilo de vida, que reproduzia literalmente tudo que sua mãe lhe ensinara, alisando os cabelos desde pequena, pois cabelo crespo é feio e ruim.

Violet acordava às 5 da manhã todos os dias para alisar o cabelo e ter uma aparência decente quando acordasse ao lado do marido. Até que uma noite, bêbada, decide raspar o cabelo, e começa uma jornada de autodescoberta e empoderamento sobre o próprio corpo, e sobre a ressignificação da beleza, dando um novo sentido à sua vida.

O filme fala sobre empoderamento de forma acessível e verdadeira. Quanto tempo ela deixou de viver alisando os cabelos, em função de um padrão de beleza sem propósitos? A personagem representa todas as mulheres que precisam buscar algo dentro de si, por não se aceitarem como de fato são: gorda, baixa, magra, negra, branca, amarela, etc. Mostra que a pressão existe não apenas em um relacionamento amoroso, mas também no trabalho e na família, e que se libertar não é algo tão simples.

O filme é tocante e inspirador. Vale a pena! #mulheresempoderadas

Espero que gostem,

Beijos

Lara Beatriz.

Um comentário em “Felicidade por um fio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.