Santiago – Chile (terceira parte)

Depois de um dia agitado e intenso com atividades na neve, o nosso domingo foi bem mais tranquilo.  E nosso grupo cresceu… meu irmão Eduardo, que estava viajando pela Bolivia e Peru veio encontrar conosco.

Domingo, 24 de julho de 2016. Fomos todos juntos à missa logo pela manhã. Depois fomos caminhando pelo centro, estava bastante frio e com uma leve chuvinha, um típico inverno chileno. Paramos em uma cafeteria, conhecida em Santiago como “Café com pernas”: à primeira vista parece um café como outro qualquer, com salgados, doces e bebidas variadas. Porém as garçonetes usam vestidos curtíssimos, deixando pernas, coxas e tudo mais à vista. Tomamos um chocolate quente delicioso, mas fomos embora logo porque os maridos estavam elogiando demais o lugar. Fomos então até o Palácio da Moeda, ou Palacio de la Moneda, assistir a troca da guarda, uma das mais tradicionais cerimônias  do Chile,  que ocorre a cada dois dias. O evento ocorre desde 1851, pontualmente às 10:50 (em feriados e finais de semana).

O Palácio tem esse nome porque era utilizado para fabricação de moedas, mas também já foi usado como residência oficial do presidente.

Os oficiais da apresentação são chamados de Guardias del Palacio, pertencentes aos Carabineros de Chile, que desempenham a segurança do palácio e a segurança presidencial. A apresentação tem oficiais marchando e a execução do hino da república.

Durante os meses de inverno a guarda usa uniformes verdes e durante os meses de verão usam uniformes brancos.

Tão bom usufruir de momentos de alegria,cumplicidade e descobertas… são tantos anos de amizade, tantas histórias compartilhadas, mas há sempre algo novo a ser vivido juntos.

Os cabelos estão diminuindo, os poucos fios que restam estão cada dia mais brancos, mas a alegria deles, assim como as piadas, continuam iguais a mais de 30 anos.

O almoço foi no Shopping Costanera Center, no Hard Rock Cafe: delicioso!

Aproveitamos para comemorar antecipadamente o aniversário da Beatriz (29/07), com direito a sobremesa especial e parabéns à você !

Integrado ao complexo do shopping, fica o Sky Costanera, uma atração imperdível em Santiago. Um mirante situado no 62º andar da Gran Torre Santiago, considerado o mais alto da América Latina, a 300 metros de altura e com uma vista de 360 graus de toda a cidade. Uma curiosidade do local é o  elevador: percorre todos esses andares em menos de um minuto.

La do alto é possível avistar a Cordilheira com os topos cobertos de neve, além de toda a cidade. Porém o dia estava nublado e a visibilidade não estava das melhores.

Sem dúvida nenhuma um domingo muito especial!!!

E para terminar nosso roteiro no Chile, claro que não poderia faltar uma vinícola. Escolhemos a  Concha y Toro, uma das maiores produtoras de vinho do mundo e a maior do Chile. Para chegar até lá fomos um trecho de ônibus e depois pegamos táxi. A visita já havia sido agendada pela internet, e é feita com horário marcado.

O local é maravilhoso. Fizemos o tour tradicional, um percurso guiado nos arredores do casarão do fundador da vinícola, Don Melchor Concha y Toro, e pelos enormes parques e jardins da propriedade, conhecendo também as cepas de uvas viníferas. São 22 hectares de uma belíssima área, projetada por um famoso paisagista francês. A vinícola foi fundada em 1883.

No percurso conhecemos a história do local, a escolha do tipo de uva adequado para a região e outras informações impostantes sobre o plantio. Ainda na área externa, com vista para o lago,  fizemos a primeira degustação: um Sauvignon Blanc. Divino!

Depois de mais um passeio pela área externa,  uma nova degustação ao ar livre.

Em seguida entramos para conhecer as adegas do famoso vinho Casillero del Diablo, com a apresentação de um vídeo muito interessante e assustador com a lenda do diabo que deu origem ao nome do vinho. Um verdadeiro show de luzes, som e imagens.

Aprendemos também como ele é produzido, além de alguns dados históricos, e para finalizar, mais uma degustação.

A taça da degustação tem o nome da vinícola, e pode ser levada para casa como recordação. Só não garanto que chegue ao Brasil intacta…

Nós almoçamos em um delicioso restaurante ao ar livre na propriedade, acompanhado de mais vinho, claro!

Talvez tenhamos feito mais algum passeio antes de voltar para casa, mas depois de tanto vinho juro que não me lembro de mais nada.

Enfim, foram dias incríveis! Marcelo, Lucia e Julia, mais uma vez obrigada pela calorosa acolhida . Família Oliver, obrigada por mais uma viagem inesquecível!

Beijos embriagados a todos… com carinho,

Lara Beatriz.

2 comentários em “Santiago – Chile (terceira parte)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.