Pets

Neste último sábado nasceram os filhotes da nossa Rotweiller Lolla. O primeiro nasceu às 07 horas da manhã e o último às 05 horas da tarde… um dia extremamente cansativo e trabalhoso, minha pernas ainda doem por ter ficado tanto tempo agachada ao lado dela, mas ela foi forte e guerreira, fazendo o papel de mãe com cada filhote que nascia.

Lolla tem 03 anos e foi a primeira (e espero que a última) cria dela.

E nesse clima de casa cheia de filhotes, decidi escrever sobre os animais que já tivemos.

Enquanto ainda criança, não tive cachorros, pois meus pais não gostavam. Meu único animalzinho foi um porquinho da índia branco e preto que se chamava Luluzinha. Eu acho que eu tinha uns 10 anos na época mas me lembro muito bem dela.

Depois que casei, já com a Bia e o Rafa grandinhos, morávamos em Santa Fé do Sul – SP quando decidimos ter cachorros. Era um casal de Setter Irlandês, e se chamavam Max e Milla. Não reparem na qualidade das fotos, são beeem antigas… Rafa era bem novinho ainda mas já era apaixonado por cachorros.

Infelizmente nosso casal de Setter Irlandês foi roubado do quintal de casa e não conseguimos recuperá-los. Eles eram grandes mas eram muito dóceis com as crianças. Pouco tempo depois tivemos a Sandy (as crianças eram loucas por Sandy e Junior), uma Cocker Spaniel preta, muito linda.

Sandy teve filhotinhos, que adoravam dividir a comida com o Felipe. A foto está desbotada, mas é tão fofa que coloquei mesmo assim… Vale lembrar que na época ainda não havia máquina digital.

Saudades das minhas crianças assim pequeninhas… mas … vamos focar nos animais porque ainda faltam muitos.

Rafa teve também um gatinho chamado Nino, que ele encontrou abandonado na rua, quando voltava da escola, e levou para casa. Foi o único gato que tivemos. Ele chegou em casa bem pequeno e o Rafael carregava ele por onde ia.

Quando nos mudamos para Araraquara, em 1999, Felipe tinha três aninhos e ganhou da vizinha um cachorrinho. Era um poodle branquinho muito arteiro chamado Simba e acompanhava o Felipe por todo lado.

Depois nos mudamos para Xinguara – PA, e lá tivemos porquinho da índia, papagaio, periquitos, coelhos, jabuti, e cachorros… muitos cachorros.

Todos os coelhos tinham nome, mas não esperem que eu lembre…O papagaio era Dino e o jabuti era Rubinho. Felipe teve também um cachorrinho Basset, que se chamava Scooby.

E então alguns anos depois, já com os meninos maiores, nosso primeiro casal de Rotweillers: Thor, cachorro valente, bravo, um verdadeiro cão de guarda, e Belinha, uma “menina” doce, companheira, meiga.

Belinha ficou conosco por 12 anos, e será sempre nosso xodó… ela foi a cachorra mais amável , carinhosa e companheira que já existiu, com certeza. Uma saudade eterna.

Junto com eles chegou a Julie, uma fêmea Chow Chow brava e sistemática. Ela chegou em casa já adulta e demorou bastante para acostumar com todo mundo. Julie era minha, somente minha, e deixava isso bem claro para todos que se aproximavam.

Teve 5 filhotes: minha primeira experiência como parteira… e foi tanto apego que ficamos com 3 (dois ficaram com a dona do macho). Malu, Ronaldo e Chico. Eles eram lindos demais e chamavam a atenção em todos os lugares.

E a casa ficou cheia de cachorros… e de muita diversão e alegria!

Olhem que estiloso o Ronaldo Fenômeno.

Logo nos mudamos para o Tocantins com todos eles…

Os Chows Chows são cães lindos, mas são bravos e algumas vezes agressivos. Com o tempo começaram a brigar muito entre eles e infelizmente fomos obrigados a doar alguns.

Há 6 anos chegou minha princesinha, Sushi, a Shitzu mais fofa e delicada.

E rapidamente ela e Belinha se tornaram grandes amigas.

Sushi é extremamente inteligente e sensível. E foi uma mãe exemplar, cuidando de 8 filhotes com muito zelo e amor. E assim foi minha segunda experiência como parteira.

Entre os filhotes, Cacau, a Cacauzinha companheira da Bia.

Depois de dias cuidando com tanta dedicação, como faz para dar os filhotes?? Simples: fica com mais cachorros. Cacau foi para Ribeirão com a Bia, e em casa ficamos com Nina e Benjamim. E a casa ficou cheia mais uma vez.

Nina era um denguinho comigo, nunca vi uma cachorra gostar tanto de colo igual a ela…

Olhem ela pedindo colo para o Rafa… era sempre assim…e quando a gente ia colocar ela no chão ela fingia que estava dormindo…

Ufa!! São tantos cachorros… mas ainda não acabou… tivemos ainda mais um Chow Chow, o Frederico, que infelizmente ficou pouco tempo conosco devido a uma doença grave.

Frederico faleceu no dia dessa foto abaixo, no meu colo, assim que chegamos no veterinário. Senti com muita dor e tristeza a partida de cada um deles, acho que somente quem tem um animalzinho sabe do que estou falando. Em cada perda eu jurava que não teria mais nenhum, porque dói demais ficar sem eles. Escrevendo aqui sobre eles e relembrando tantos momentos especiais, as lágrimas voltam, e a saudade se torna mais forte. Cada um deles teve uma característica própria, um dengo, um jeitinho de nos conquistar, uma maneira de chamar atenção…

Me fizeram e fazem companhia nessa minha solidão de filhos crescidos e não deixam meu ninho ficar vazio. Briguei quando o Marco trouxe a Lolla, logo após a morte da Belinha, mas ai a gente vai se apegando, e cá estou eu novamente, com a casa cheia de filhotes, que nesse momento dormem aquecidos com a mãe, depois de terem tomado mamadeira porque ela está sem leite, e eu já estou pensando se vou conseguir dar algum deles, afinal já somos tão íntimos…

Eles fazem parte da nossa história, e através desse post ficaram ainda mais vivos em nossas memórias., afinal, é essa minha intenção com esse blog: eternizar momentos!

Beijos com muito carinho!

Lara Beatriz.

4 comentários em “Pets

  1. Muito linda sua história. Eu tenho uma semelhante, mas não tenho coragem de escrever, ainda…
    No momento estou com nove animais, cinco cães e quatro gatos. Adorei seu blog, vou te seguir em outro blog que tenho.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.