Lisboa – Portugal 🇵🇹

Foi no dia do meu aniversário, 07 de agosto de 2013, que recebi uma ligação do meu irmão mais velho, Eduardo, perguntando se eu queria ir com ele e com meu pai em uma viagem para Portugal. Eu não viajava para fora do país desde 1980, quando moramos por um ano na Alemanha. Casei cedo, filhos, marido,estudos… enfim, uma viagem internacional não fazia parte dos meus planos… era apenas um sonho distante… e eu me lembro ate hoje do tamanho da minha euforia com o convite🥰

E finalmente quando dezembro chegou, embarcamos rumo a Lisboa. Coração explodindo de alegria ✈️

Chegamos às 9 horas da manhã, deixamos a bagagem no hotel e saímos para desbravar a cidade. Nossa primeira parada foi no Elevador de Santa Justa, uma maravilhosa construção de ferro e ornatos totalmente góticos com 45 metros de altura e uma linda vista de toda a cidade.

E claro que nossa primeira refeição foi um espetacular bacalhau…😋😋acompanhado de vinho tinto🍷

Conhecemos a Praça do Comércio, uma das maiores da Europa e que teve o início de sua construção no reinado de D. Manoel I por volta de 1.500.

Em frente à Praça, fica o Rio Tejo, o maior rio de Portugal, ponto de partida das naus e caravelas dos grandes descobrimentos⛵️

Na Praça Pedro IV, conhecida como Praça do Rossio e uma das Praças mais bonitas e antigas de Lisboa. Na época do império romano o local era o hipódromo da cidade, já na idade média o local ganhou destaque com a construção do belíssimo Hospital de Todos os Santos e do Convento de São Domingos que impressionava pela sua riqueza. Na período das trevas era neste local que a inquisição punia os “hereges”. Infelizmente boa parte das construções dessa época foram destruídas nos terremotos que devastaram Lisboa restando somente a Capela mor do Convento de São Domingos.

No final do dia ainda fomos conhecer o lado moderno da cidade, um grande bairro que surgiu há menos de 20 anos, o Parque das Nações. Ele foi construído para a Expo 98 e oferece diversas atrações interessantes, entre elas um grande oceanário e um passeio de teleférico, além de um grande Shopping Center. Quem será que estava com mais frio??

Nossa viagem foi organizada através de uma agência, e no segundo dia já começamos a programação com o grupo. Nos dirigimos para o bairro de Belém, onde ficam algumas das atrações mais representativas de Lisboa. Foi de Belém, que durante todo o século XV partiram expedições oceânicas, entre elas a de Vasco da Gama, o maior navegador do país.

Na foto abaixo, meu irmão Eduardo e meu pai, com a Torre de Belém ao fundo.

Em estilo manuelino, a torre foi construída entre 1514 e 1520 e era um projeto de construção defensiva da cidade que surgiu na época de D. João II. Foi concluída em 1520 e aos poucos foi perdendo sua função de defensa, sendo mais tarde utilizada como aduaneiro, sinalização telegráfico e também como farol. Durante o reinado de Filipe II da Espanha, se utilizou a torre como masmorras para os presos políticos. Em 1907 foi classificada como Monumento Nacional e em 1983 foi classificada como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Bem próximo à Torre fica o Monumento dos Descobridores, também um símbolo de orgulho nacional português. O monumento lembra um navio pronto para partir, projetando-se para a água como a proa de um grande navio.

Essa é Sofia, nossa guia durante toda a viagem por Portugal. Com um sotaque encantador, nos deu aulas magníficas sobre nossa história.

Na escultura vemos algumas das figuras históricas mais veneradas em Portugal, como Dom Manuel I, Vasco da Gama, Pedro Alvares Cabral, Fernão de Magalhães e Bartolomeu Dias.

No chão, na base do monumento estende-se um fantástico mapa mundi, com os países ressaltados em mármore vermelho e as datas dos descobrimentos.

Ainda no Bairro de Belém está localizado o Mosteiro dos Jerônimos, maior obra prima da arquitetura manuelina e também símbolo do período áureo de Portugal. Foi construído com o lucro obtido nas viagens comerciais e nele viviam os monges da ordem de S. Jerônimo.

É nesse local que se encontra o túmulo de Vasco da Gama, Luis de Camões, Dom Manuel e Dom João 3º, com suas respectivas esposas.

A riqueza de detalhes no interior é impressionante, com colunas altas que lembram palmeiras e muita escultura em mármore.

Fernando Pessoa, famoso poeta português, também tem seus restos mortais depositados no local.

Em uma das muitas colunas, existe a “mão de Deus”, parte de um ritual em que os futuros navegadores deviam tocar o local antes de partir com as navegações( o que explica o desgaste). Diz a lenda que dá sorte…

Detalhe para as entradas do Mosteiro… magníficas!!

E para finalizar o passeio pelo bairro, parada obrigatória para provar o legítimo pastel de Belém, uma das grandes especialidades portuguesa.

Dizem que os mestres pasteleiros do local assinam um termo de responsabilidade e fazem juramento se comprometendo a não divulgar a receita… Indescritível a sensação de provar ali quentinho, direto da fábrica. Impossível comer um só🤤🤤

Visitamos algumas igrejas e um fato que chama muito a atenção é a riqueza de detalhes nas esculturas e a quantidade de ouro (será que era do Brasil 🤔?)

E o prato do dia mais uma vez foi bacalhau, no tradicional restaurante “Solar dos Presuntos”, frequentado por celebridades como Cristiano Ronaldo e agora também pelos “Larini”

Nossa próxima parada foi em Sintra, uma vila portuguesa no distrito de Lisboa,mas mostrarei no próximo post…. ora pois, ainda tem muita coisa para mostrar… não deixem de acompanhar!

Um beijo grande com carinho,💋

Lara Beatriz!🤗😘

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.