Monte das Oliveiras – Jerusalem Israel 🇮🇱

Primeiro destino nosso em Jerusalém: Monte das Oliveiras 😍 Só deixamos as malas no hotel, tomamos um banho e fomos conhecer. Eu estava eufórica… era um dos lugares que eu mais queria conhecer.

O Monte das Oliveiras  (em hebraico: הר הזיתים, em árabe: جبل الزيتون,) é um monte situado na cidade antiga de Jerusalém, em uma cadeia de colinas. Tem uma das mais belas e fantásticas vistas da região. É possível ver os muros da cidade; a Igreja de Todas as Nações; a Igreja de Maria Madalena; o Jardim de Getsêmani; a cúpula dourada da Mesquita de Omar, localizada no Monte do Templo; e um dos mais importantes cemitérios judaicos do mundo e o mais antigo de Jerusalém.

Para chegar até lá, pegamos um táxi pois é uma longa subida. E bastou descer do carro para me emocionar 😭😭 que lugar incrível… ver toda a cidade ali do alto é uma sensação inexplicável.

Olhando para Jerusalém, dali, do alto do Monte, os olhos marejam. A energia do lugar é indescritível. Passa um filme na cabeça da gente com toda a história de Jesus no lugar 🙏🏻.

O Monte recebe esse nome pelas oliveiras 🫒 que cobriam antigamente suas encostas ,algumas ainda podem ser vistas no Jardim de Getsêmani (que significa prensa de azeite) , mas nenhuma delas podem ser datadas do tempo de Jesus porque durante o governo de Tito todas as oliveiras foram retiradas. Segundo a tradição, no alto do Monte das Oliveiras, Jesus teria realizado sermões para seus discípulos e seguidores (Atos 1:12). O Monte das Oliveiras, sagrado para cristãos, judeus e muçulmanos, reserva aos visitantes o mais belo entardecer da Terra Santa.

Para os cristãos o Monte das Oliveiras tem importância já que vários momentos chaves da vida de Jesus aconteceram ali, inclusive sendo o local de onde Jesus subiu ao céu. Para os judeus uma série de eventos relatados no antigo testamento (2 Samuel 15:30) também tornam esse local especial, como a fuga de Davi de Absalão. É no Monte das Oliveiras também que judeus se reúnem desde a destruição do Segundo Templo para lamentar o fato, já que do alto do monte se tem uma vista privilegiada do Monte Zion.

O Novo Testamento destaca várias ocasiões de Jesus no Monte, assim também como sugere que o local era o preferido de Jesus para descansar fora de Jerusalém.

Foi do Monte das Oliveiras que Jesus deu início a sua entrada triunfal em Jerusalém (Mateus 21:1). Parece que foi após contornar uma das curvas na descida do Monte das Oliveiras que Jesus chorou ao contemplar Jerusalém (Lucas 19:37-41).

No Monte das Oliveiras Jesus também pronunciou o seu sermão na semana da crucificação (Mateus 24-25; Marcos 13). Na noite em que foi traído, Jesus foi orar no Monte das Oliveiras, no jardim  Getsêmani (Mateus 26:30). Naquele momento sua agonia foi tão grande que seu suor tornou-se como sangue. Foi também na região de Betânia, sobre o Monte das Oliveiras, que ocorreu a ascensão de Jesus (Lucas 12:50-53; Atos 1:9-12).

Desde os tempos bíblicos até hoje os judeus são enterrados no Monte das Oliveiras. Na época dos reis bíblicos esse era o local do enterro dos cidadãos mais importantes de Jerusalém. Por isso, o Cemitério Judeu é o mais antigo do mundo (mais de 3 mil anos 😳)com mais de 150 mil sepulturas. Importantes figuras encontram-se sepultadas aqui, como Eliezer Ben-Yehuda, pai do hebraico moderno, S.Y. Agnon, vencedor do Nobel da Literatura, e o primeiro-ministro Menachem Begin e sua esposa Aliza.

Se vocês prestarem atenção na foto existem pedras no túmulos. Segundo a tradição judaíca, as pedras mostram publicamente que aquele ente querido foi lembrado e suas memórias estão preservadas, assim como “garantem” que suas almas permaneçam onde elas devem ficar. A tradição diz que o próprio profeta Zacarias pediu para ser enterrado ali na expectativa de ser um dos primeiros a ver a chegada do rei Messias. A expectativa é tanta que as pessoas são enterradas com os pés voltados para a cidade velha, para levantarem de frente para os fatos e não perderem nenhum ato do Mashiach. Por tudo isso e pelo fato de quase não haver mais espaço nem é preciso dizer que um jazigo pode custar milhões de dólares. 😱😱

Tem muitas visitas interessantes a se fazer ali pela região do Monte, e nós fomos descendo as ladeiras (na verdade deslizando ladeira abaixo, pois o chão é muito liso e escorregadio e o calçado que eu estava usando não colaborou 🤦🏻‍♀️) para conhecer os principais lugares.

Nossa primeira parada na descida foi na Tumba dos Profetas Ageu, Zacarias e Malaquias. É um antigo cemitério bem escuro, pequeno, em forma de labirinto, com túmulos subterrâneos escavados manualmente nas rochas há mais de 2.500 anos.

Diferente de muitos dos lugares da Terra Santa, esse ancião complexo de tumbas parece não ter sofrido modificações. Também não possui construção religiosa. É bem provável que seja bem parecido com o que era no passado.

O passeio lá dentro é feito apenas com a luz de velas… e confesso que dá também agonia por ser apertado.😩

Como não tem luz e sabendo tratar-se de uma tumba, a sensação é bem fúnebre e um pouco assustadora. Mas isso não muda a importância e a satisfação de conhecer um lugar tão antigo e importante da Terra Santa. Sim, vale muito a pena! Sou apaixonada nessa foto deles 🥰

E seguindo ladeira abaixo, a tão esperada visita à Igreja da Tumba da Virgem Maria. 📿

Esta igreja é uma espécie de caverna, uma cripta, e o clima é muito intimista… pelo caminho, há muitos altares com diferentes imagens de Maria.

Embora o local mais conhecido onde Maria teria sido enterrada fique na Turquia, alguns estudiosos afirmam que a morte da mãe de Jesus aconteceu de fato em Jerusalém, no Vale do Kidron, ao pé do Monte das Oliveiras. Para esses estudiosos, o local exato onde ela teria sido sepultada seria mesmo em Jerusalém.

À medida que você vai descendo para o subterrâneo, sob inúmeras lanternas penduradas no teto, vai ficando mais escuro, até que se chega em uma pequena capela, onde há uma redoma de vidro que protege a pedra onde segundo tradição cristã o corpo de Maria teria sido velado. Cabe a cada um acreditar ou não que ali se encontra, realmente, o repouso final da mãe de Jesus.

Eu afirmo que nunca tinha sentido nada igual 🥺: ao me ajoelhar para fazer uma oração me deu um aperto e uma tristeza tão grande, como se eu estivesse ali, diante do túmulo de uma pessoa muito próxima… o choro é inevitável, é algo muito forte.😭

E para recuperar das fortes emoções uma pausa nesse jardim incrivel com essa vista

Algumas oliveiras que ainda podemos ver no caminho.

… e alguns detalhes únicos no meio do caminho 🐫 …

Ainda no Monte das Oliveiras, uma parada na Igreja da Agonia ou Igreja de Todas as Nações: localizada no mesmo terreno do Getsêmani, é no seu interior onde se localiza a Pedra da Agonia, onde Jesus teria rezado e suado sangue na véspera da sua prisão. Segundo o Evangelho de Lucas, a agonia de Jesus foi tão grande que o suor transformou-se em gotas de sangue. A atual igreja foi construída entre 1919 e 1924, sobre a fundação de duas antigas igrejas – uma pequena capela do século XII e uma basílica bizantina do século IV destruída por um terremoto, usando fundos doados por diversos países. Os brasões de cada país doador, incluindo o Brasil, foram incorporados ao vidro do teto.

Mas a decepção surgiu no portão dos muros da igreja, 🤦🏻‍♀️quando descobrimos que, naquele dia, ela estava fechada para visitação e nem mesmo a sua fachada era possível ver de fora dos muros😒. Decepção total.😞

É claro que quem vai conhecer a Terra Santa, não vai de forma alguma deixar de visitar o Monte das Oliveiras, então parece até meio bobo escrever o que vou escrever agora, mas eu o farei mesmo assim: é imperdível! Aproveite cada segundo que estiver naquele lugar! Maravilhoso✨!!! Perfeito!!😍

Cada cantinho tem uma história, cada pequena construção tem uma grande importância… então, se você quer conhecer mais a fundo o lugar, reserve bastante tempo e fique atento aos horários de visitação 😉

Espero que tenham gostado… foi realmente um passeio muito marcante para mim.

Um beijo grande com carinho 💋😘

Lara Beatriz 🌹❤️

Um comentário em “Monte das Oliveiras – Jerusalem Israel 🇮🇱

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.