Fortaleza de Massada – Israel

Massada significa “lugar seguro” ou “fortaleza”. Fica em um planalto situado no litoral sudoeste do Mar Morto. Uma fortaleza natural, com penhascos íngremes e terreno acidentado. Localizado a mais de 500 metros do nível do mar, o local é realmente alto.

Nós visitamos Massada quando fizemos nossa viagem para Israel, em agosto de 2019. Compramos o passeio pela internet, um ônibus levou até o local e um guia acompanhou toda a visita. O percurso de Jerusalém até lá durou cerca de uma hora e meia.

A fortaleza foi construída cerca de 30 anos antes de Cristo por Herodes, rei romano escolhido para assumir o trono da Judeia. As construções arquitetônicas de Herodes são reconhecidas em todo o país. Como os judeus não concordavam, ele acabou se refugiando neste local, que foi construído de forma que todos que ali vivessem pudessem se manter sem precisar sair da fortaleza.

Lá dentro, havia depósitos de armas, cisternas para coleta de água da chuva, armazéns, etc. Tudo para manter a pequena cidade funcionando. Lembrando que ela fica no meio do deserto, no alto de um cânion.

Como o local é extremamente alto😱 , se você gosta de um desafio e tem um bom preparo físico pode subir a pé através do sinuoso “caminho da cobra”. Mas, obvio que não é nosso caso 🙈, então optamos pelo teleférico que vai do centro turístico até o topo da fortaleza. O próprio centro turístico apresenta antes da subida um filme sobre a história de Massada com algumas informações básicas.

Além das ruínas, Massada abriga um museu, uma sala de exibição, uma loja de souvenirs ☺️e um restaurante.

Lá do alto é possível enxergar o Mar Morto 🌊 .

A visita a Massada é uma experiência emocionante.  A história arrepiante e os restos arqueológicos contribuem para a atmosfera especial do local e preservam o seu passado magnífico.  Foi nomeada Patrimônio Mundial da UNESCO em 2001 e, ano após ano, permanece no topo das atrações mais visitadas.

A história revela a coragem dos defensores de Massada e sua batalha contra os conquistadores romanos. Conhecer a história lá no local, tendo o deserto como cenário, vendo toda a extensão do lugar, é muito emocionante, pois narra acontecimentos repletos de tensão, lutas e amor.

A dominação dos romanos sobre os judeus foi marcada por episódios de resistência e conflito. O processo de ocupação, iniciado em 63 a.C., foi constituído por diversas rebeliões onde os judeus tentaram heroicamente se opor contra a superioridade militar e bélica dos exércitos romanos. A partir de 66 d.C. esses conflitos passaram a ser muito mais intensos, o que acabou obrigando as forças romanas a realizarem um grande cerco contra a cidade de Jerusalém, em 70 d.C..

Após a morte do administrador romano, uma legião de soldados teria sido enviada pelos romanos para que tomassem conta dessa região. No ano de 66 d.C., o líder judeu Manaém e seus seguidores conseguiram controlar a fortificação.

A investida militar romana foi extremamente bem sucedida e obrigou a grande maioria da população judaica a se retirar da região Palestina. No entanto, cerca de mil judeus pertencentes à seita zelota não se renderam às forças romanas ao formar um ponto de resistência na fortaleza de Massada.

Após conquistar o forte, a região teria sido dominada pelos zelotas durante o auge dos conflitos entre romanos e judeus. Com a destruição total de Jerusalém, em 70 d.C., um grupo de refugiados ainda resistia ao cerco romano no interior daquela construção. Para dar fim ao foco de resistência, o procurador romano Flávio Silva foi encarregado de utilizar os homens para que, finalmente, a presença judaica fosse banida dos domínios romanos.

Sabendo que os zelotas tinham fartas provisões para resistir ao cerco romano, Flávio Silva decidiu construir um plano para atacar a fortaleza. Os romanos construíram uma enorme rampa pelo lado oeste da montanha. Mesmo lançando pesadas pedras contra as guarnições romanas, os zelotas não conseguiram impedir que o avanço inimigo acontecesse. Com o uso de um poderoso aríete e tochas, os romanos conseguiram derrubar uma muralha interna construída para proteger os portões de entrada da Fortaleza de Massada.

Com a derrubada deste bloqueio, os zelotas pareciam não ter mais nenhuma maneira de resistir contra as tropas romanas. Depois de conseguirem destruir a barreira, as tropas romanas decidiram se retirar e aplicar o confronto final na manhã seguinte.

No entanto, ao verem os soldados romanos vencendo, Eleazar ben Jair, um dos líderes zelotas, convenceu a população a preferir a morte do que se submeter às humilhações e torturas que os romanos lhes reservavam.

Eles então se organizaram entre as famílias e naquela fatídica noite os chefes de cada família foram incumbidos de matar suas mulheres e crianças até que restaram só alguns homens😭. Entre eles, um foi escolhido para matar os outros e ao final, colocar fogo no palácio e se matar.

Na manhã seguinte, os soldados que espreitavam as portas de Massada estranharam o silêncio do local.

Durante muitos anos esse episódio foi considerado inverossímil até que um grupo de arqueólogos conseguiu achar as ruínas da fortaleza. Atualmente, esse acontecimento simboliza o heroísmo 🥇 dos judeus contra seus inimigos.

Esse ato de coragem deixou um legado de coragem, heroísmo e martírio. Mais uma história de luta e tristeza em Israel😢

Estava muuuuito calor no dia da nossa visita 🔥 , muito sol 🌞 , poeira, o que para mim tira um pouco do prazer do passeio 🙁. Estava realmente incomodada com o calor, e olha que moro no Tocantins, onde faz calor o ano todo.

Depois do fim da visita nós almoçamos no restaurante que fica lá mesmo no local e seguimos viagem até o Mar Morto, mas isso eu mostro em outro post.😏

Um beijo bem grande com carinho 😘 💋 ,

Lara Beatriz ❤️🌹

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.