Mais um pouquinho sobre Curitiba

Já postei aqui sobre Curitiba, uma cidade que eu adoro, e como Rafael mora lá 🥰 eu procuro ir todo ano. E cada vez é uma experiência diferente.

Em março de 2021 eu fui sozinha passar uns dias com ele, pois março é o mês do aniversário dele.

Como ainda estávamos (ainda estamos né ) na pandemia🥺, fizemos apenas alguns passeios em lugares abertos.

Fomos conhecer a famosa Estrada da Graciosa, conhecida como PR-410, que liga Curitiba até Morretes. Essa estrada é famosa por utilizar a antiga rota dos tropeiros em direção ao litoral do Estado.

A estrada atravessa o trecho mais preservado da Mata Atlântica, marcado pela mata tropical e pelos belos riachos que nascem na serra. Por isso, em 1993, parte do trecho da Serra foi declarada pela UNESO como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

Na região, existem dois importantes parques estaduais: o Parque Estadual da Graciosa e o Parque Estadual Roberto Ribas Lange.

Morretes é uma cidadezinha pequena com várias atrações turísticas, além de uma tradicional feira de artesanato. Mas devido a pandemia, estava tudo fechado.

É claro que teve passeio no Jardim Botânico novamente simmmmm 😊😊, porque eu adoro ir lá, acho maravilhoso os canteiros de flores.🌷🌹🌼🌸🌺

Estava um dia bastante chuvoso, mas nem a chuva atrapalha a beleza desse lugar.

Eu já estive no Jardim Botânico várias vezes e ele sempre está impecável, extremamente bem cuidado.

Aproveitei para conhecer o Bosque Alemão, que eu ainda não conhecia. É um lugar lindo, cheio de atrações, como O Oratório Bach, uma sala para concertos musicais; A Torre dos Filósofos, com um mirante; A trilha João e Maria, A Casa Encantada, com uma biblioteca infantil e a A Praça da Cultura Germânica. Além do bosque de mata nativa e nascentes de água doce.

Inaugurado em 1996, o Bosque Alemão homenageia a cultura e as tradições que os imigrantes alemães trouxeram para Curitiba. É um memorial a esses imigrantes que chegaram na cidade a partir de 1833 e muito contribuíram para o estilo de vida dos curitibanos.

O caminho a ser percorrido no interior do Bosque Alemão é a Trilha João e Maria. Conforme você vai caminhando, passará por vários totens com ilustrações e trechos do conto dos Irmãos Grimm.

Na Casa Encantada, ou Casa da Bruxa, funciona uma biblioteca infantil, mas devido à pandemia estava fechada.

Na entrada do Bosque, existe um grande portal, que é a reprodução da fachada da Casa Mila, uma construção germânica do início do século.

Em frente ao portal fica um bonito jardim, com flores coloridas e bem cuidadas, como vários outros em Curitiba. E esse local se chama Praça da Poesia Germânica.

Curitiba é mesmo encantadora…são muitos parques espalhados por toda a cidade…perfeitos também para praticar atividade física

Espero voltar muitas vezes porque ainda tem muito lugar lindo para conhecer, sem falar no clima de lá 🥶 que eu adoro… ah, claro, tem também o Rafa ❤️que eu morro de saudade.

Um beijo com carinho 😘💋

Lara Beatriz ❤️🌹

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.