Segóvia e Cáceres – Espanha

Depois de conhecer Madri, Segóvia foi nossa escolhida para começar nosso tour pela Espanha. Localizada a apenas 100 km de Madri, Segóvia parece uma cidade medieval e faz parte da comunidade de Castela e Leão. Fomos de trem, em um trajeto de apenas meia hora, pois o trem atinge uma velocidade fantástica de 250 km/h, perceptível apenas no velocímetro existente na parte superior do vagão dos passageiros.

O trem para na estação Segovia- Guiomar, localizada um pouco distante da cidade, e é ligada ao centro histórico via ônibus. E eis que algo inesperado e magnífico acontece: ao sairmos da estação, a caminho do ponto de ônibus, singelos flocos de neve caíam vagarosamente  para nos saudar e anunciar que a viagem seria mais uma vez especial. Nem sei como descrever minha reação, acho que como uma criança deslumbrada com uma cena tão linda. Ao fundo, gigantescas montanhas com os picos cobertos de neve completavam a imagem. Eu não via neve há mais de trinta anos, e fiquei muito feliz com a cena.

O ônibus nos conduziu até uma praça, no centro histórico, onde ficam localizados os principais pontos turísticos de Segóvia. A bela cidade possui aproximadamente 56 mil habitantes e foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1985. O centro histórico é bem condensado, sendo possível percorrê-lo caminhando com tranquilidade. As principais atrações são o Aqueduto romano, a Catedral e o Alcazar (castelo/palácio).

O Aqueduto foi construído durante os séculos I e II d.C., no governo dos Imperadores romanos Vespasiano e Trajano, era usado para transportar água das montanhas até a cidade. Foi utilizado até o final do século XIX.  Os arcos chegam a atingir 29 metros de altura e as fileiras de arcos chegam a 728 metros de comprimento. São 167 arcos e dizem que foram utilizados cerca de 35.000 blocos de granito. Em 1072, Al Monúum de Toledo derrubou parte do aqueduto, mas os Reis Católicos no século XV promoveram a restauração da obra. É um dos aquedutos romanos mais bem preservados que existe. É fabuloso!!

Fomos conhecer a Catedral de Santa Maria de Segóvia, conhecida como a Dama das Catedrais, devido às suas dimensões e elegância, é a última grande igreja gótica da Espanha. Tem uma estrutura em três altas cúpulas, com grandes janelas e vitrais de qualidade excepcional. O interior é delicado e elegantemente abobadado, um tanto sóbrio, e foi ótimo poder se aquecer um pouco, pois o frio estava rigoroso.

Descrição: IMG_0085.JPG

Observamos cada detalhe, rezamos, e continuamos nossa caminhada pelas estreitas ruas medievais.

Paramos para almoçar em um tradicional restaurante local, o José Maria, considerado um dos mais tradicionais e premiados da Espanha, para provar o “cochinillo”, o famoso porquinho de Segóvia.

Entre algumas curiosidades do porquinho, a principal é que ele só se alimenta de leite materno, sendo sacrificado quando atinge 4,5 quilos; todos os porquinhos de Segóvia recebem um anel na pata traseira, para comprovar sua procedência, onde consta a data em que foi abatido e devem ser consumidos em até 5 dias; só podem ser servidos em restaurantes certificados; a sua casquinha é super crocante, e a carne é muito suculenta e super macia…mas, mesmo com toda essa história e adjetivos ao porco, como não gosto muito de carne de porco, comi um saboroso salmão. Mas eles comeram e aprovaram. O restaurante é muito aconchegante e o atendimento é perfeito. Foi uma refeição muito agradável, acompanhada, claro, de um belo tinto da casa.

Seguimos passeando pela cidade, encantados com tudo. Comprei, entre muitas lembrancinhas, uma manta bem quente,para me enrolar e aquecer do frio, pois as muitas blusas, casacos, luvas, gorro e cachecol não eram suficientes para alguém tão friorenta quanto eu.

Na sequência, Eduardo caminhou até o Alcazar , um palácio fortificado em pedra, localizado na cidade velha, erguido em posição dominante, sobre um penhasco rochoso na confluência dos rios Eresma e Clamores, próximo as montanhas de Guadarrama e é um dos mais distintos palácios da Espanha em virtude de sua forma lembrando a proa de um navio. Eu fiquei com meu pai e minha tia, que estava com dor nas pernas

E pela primeira vez vi meu pai com frio…kkkk

Adoramos a cidade… Segóvia encanta os turistas com lindos monumentos e simpáticos moradores.

Próxima parada: Cáceres, que fica à 280 km de Madri.

Começamos o passeio pela Praça Maior, decorada com enfeites natalinos, e seguimos para o Arco da Estrela, uma das principais entradas da muralha para adentrar na parte velha. O arco separa a cidade nova da cidade velha. Cáceres foi palco de históricas batalhas entre Mouros e Cristãos, com lutas que influenciaram claramente na arquitetura da cidade, uma mistura de estilos Romano, Islâmico, Gótico e Renascença Italiana.

O centro histórico na cidade velha foi incluído na lista do Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1986, e foi declarada o terceiro Conjunto Monumental Europeu, depois de Praga e Talim.

Andamos pelas ruazinhas estreitas e frias, admirados com as construções em pedra, que incluem mais de dez grandes torres. Uma verdadeira fortaleza. Impossível caminhar sozinho por ali, pois todas as construções são muito semelhantes e seria bem fácil ficar perdida. A luz do sol batendo nas paredes de pedra é um espetáculo à parte, embelezando ainda mais o local. Lugar encantador e muito diferente. Gostei muito.

Tudo na cidade velha de Cáceres é fascinante!Em cada ruela que entrávamos era uma nova descoberta, um novo lugar inesperado.

         Almoçamos em um restaurante na estrada, onde comemos carne com batatas, acompanhado de uma salada. Já eram quase duas horas da tarde e estávamos famintos. Próxima parada, Sevilha… mas fica para o próximo post!

A Espanha é um país com muita história, prédios históricos incríveis e muita coisa para se conhecer!!! Sem dúvida um país que vale muito a pena conhecer.

Beijos com carinho, Lara Beatriz!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.